Como funciona a masturbação vaginal

Masturbação vaginal
0

Vamos direto ao ponto: a masturbação é a melhor coisa que você pode fazer para aprender sobre o seu corpo. Através dela, entendemos como funciona o nosso ciclo de excitação, a quais toques somos sensíveis e quais são as nossas fantasias.

Muitas mulheres não são ensinadas a se masturbar e sequer sabem que a masturbação é uma prática saudável. Assim, para orientar marinheiras de primeiras viagem e quem ainda possui dúvidas sobre o assunto, elaboramos este nosso conteúdo. Acompanhe e dê início às descobertas sobre o seu corpo:

As partes do corpo envolvidas na masturbação

A vagina e o clitóris

Embora tratemos os orgasmos vaginais como uma categoria e os orgasmos clitorianos como outra separada, elas são, na verdade, a mesma coisa. Isso porque o clitóris não é apenas aquela saliência extrassensível. Ele se estende e envolve o canal vaginal.

A vagina, em si, não possui muitas terminações nervosas, então, quando você sente à excitação com algo a penetrando é, principalmente, porque a parte interna do clitóris está sendo estimulada e pressionada pelas paredes vaginais.

A parte externa do clitóris (a cabeça), possui mais de 8.000 terminações nervosas e é a única parte do corpo humano que existe exclusivamente para o prazer. Toda vez que uma pessoa com vagina se masturba, inevitavelmente, envolve o clitóris.

Mas não apenas

Antes de chegar ao clitóris e a vagina, experimente iniciar a masturbação estimulando outros pontos do seu corpo. Acaricie os seios, desça pela barriga, vá até as coxas e volte. Use pressões variadas ao tocar o corpo e lembre-se de respirar.

“Brinque um pouco” até que fique excitada. O clitóris prefere ser tocado quando já estamos no clima. Esse momento de exploração corporal é benéfico também para a vagina, pois é preciso lubrificação para que qualquer coisa entra ou saia. 

E, se a lubrificação tem sido um problema, você pode investir em um bom lubrificante para auxiliar a masturbação (é importante destacar que o lubrificante “auxiliará”, mas para que entenda o que impede uma lubrificação satisfatória e se isso tem afetado a sua vida sexual, consulte um especialista).

Claro que, lubrificantes não são essenciais. De forma geral, o nosso corpo se lubrifica naturalmente ao ser estimulado nas zonas de prazer. O que o lubrificante faz é intensificar isso. Um bom exemplo de como ele atua no momento da masturbação é pensar em uma cobertura no seu sorvete preferido. Ela não precisa estar ali para ele ser bom, mas o deixa mais gostoso, certo?

Como se masturbar

Não existe uma regra de como se masturbar. Somente a masturbação revelará quais são as suas preferências e quais os pontos estimulados que proporcionam mais prazer e satisfação. O que podemos oferecer são alguns caminhos:

Você pode iniciar a masturbação pela abertura da vagina e, em seguida, arrastar os dedos lentamente em direção ao clitóris. No caminho de volta para baixo, passe por um dos lábios e volte à abertura. Faça movimentos circulares e sobe e desce.

Ainda que esteja focada em um orgasmo penetrante, envolva a cabeça do clitóris na brincadeira: estimule-a da maneira que for mais gostosa para você até que o seu corpo atinja um pico de excitação.

Em seguida, vá para a penetração com um ou dois dedos ou uma penetração junto à estimulação externa. Alterne a “velocidade”, de movimentos, dos mais rápidos aos mais lentos, com maior ou menor intensidade na hora de estimular os órgãos.

Um dos movimentos preferidos para a penetração interna é o “vem aqui”, feito quando dois dedos são inseridos dentro da vagina e dobrados na segunda junta. Provavelmente é o que mais estimula o Ponto G (área sensível atrás do osso púbico), que pode levar a orgasmos mais intensos.

Tente colocar um pouco de pressão na abertura vaginal e, se for agradável, insira um dedo e explore-a. Quando estiver entendendo melhor a forma como o corpo reage, talvez seja o momento de incluir um dildo ou um vibrador para tornar a masturbação mais interessante.

Começar com os dedos é ideal para obter uma conexão mais direta e entender o que o seu corpo prefere, mas existem diversos brinquedos no mercado que fazem coisas que as mãos não são capazes de fazer.

Se estiver procurando por um brinquedo para a masturbação com penetração, comece com algo que tenha flexibilidade e movimento, não vá direto para os de aço inoxidável. E não entenda errado: eles são ótimos, mas talvez não sejam as melhores escolhas para iniciantes.

Os benefícios da masturbação

A masturbação é uma prática de autocuidado e autoexploração que oferece inúmeros efeitos colaterais positivos que vão além do bem-estar imediato.

Desde o começo falamos sobre melhorar a nossa consciência sexual, fazendo com que saibamos quais são os nossos desejos, vontades e as nossas necessidades sexuais. Isso tem um impacto no conforto e na qualidade das relações sexuais que passamos a ter.

Primeiro porque entrar em contato com as nossas necessidades eróticas é o caminho para a autoaceitação, o que impacta diretamente a nossa autoestima.

A sensação de liberdade e relaxamento faz com que a mente se livre de preocupações por um tempo e, dedicar-se a esse momento, nos mantém no “presente”, onde os medos do passado e as preocupações do futuro podem ficar de lado por um tempo.

O sexo passa a ser mais assertivo, conseguimos comunicar aos nossos parceiros ou parceiras o que gostamos. Para quem tende a priorizar as necessidades de outras pessoas na cama, essa autodescoberta pode modificar a dinâmica no quarto tornando a experiência sexual mais prazerosa.

A masturbação permite que nos libertemos de nossos tabus, pois sim, ainda existem muitos que permeiam a sexualidade e a expressão sexual. Algumas pessoas podem experimentar sensações de desconforto ou culpa ao masturbar-se.

Ler a respeito, pesquisar, praticar e conversar sobre o assunto pode ajudar a se libertar de crenças limitantes e permitir que descubra o prazer próprio, sem todas as restrições impostas pela sociedade. Por isso, tire um momento para se tocar e experienciar todas as maravilhas que vem junto da descoberta do próprio corpo.

Escolha sua Reação!
Deixe sua opinião